CADASTRE-SE CADASTRE-SE CADASTRE-SE CADASTRE-SE CADASTRE-SE

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Flamengo 2 x 1 Atlético-MG - Uma virada com o apoio e grito, de novo, da torcida maior torcida do Brasil

Novamente apoiado por sua torcida, que compareceu em grande número ao Maracanã, o Flamengo venceu o Atlético Mineiro, por 2 a 1, de virada, nesta quarta-feira à noite, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro Chevrolet. O resultado foi importante para o rubro-negro, que não jogou bem, no entanto, somou mais três pontos na sua luta contra o rebaixamento.

Neste momento, o Flamengo soma 19 pontos, em 13.º lugar. Este foi sua terceira vitória consecutiva. Fez 1 a 0 sobre o Sport, em casa, 1 a 0 em cima do Coritiba, no Paraná e agora virou sobre o Galo, por 2 a 1, no Rio de Janeiro. O técnico Vanderlei Luxemburgo ainda tem a seu favor a vitória, por 1 a 0, sobre o Botafogo. Neste meio tempo, perdeu para a Chapecoense, em Chapecó, por 1 a 0.

O Atlético estava invicto há três jogos, com uma vitória e dois empates, o último diante do Figueirense, pro 2 a 2, em Florianópolis (SC). Com 23 pontos, o time mineiro ocupa a oitava posição.

GOL CEDO
O jogo prometia muito para a torcida. Mas logo o Galo abriu o placar em bela jogada individual de Maicossuel. Ele pegou a bola na direita, driblou o primeiro, deu uma meia lua no segundo e bateu cruzado longe do alcance de Paulo Victor.

Depois disso, o Galo recuou. O Flamengo foi mais valente, criou chances, mas as desperdiçou. Em outras vezes, Victor apareceu bem ou teve sorte.

No segundo tempo, o Mengão voltou mudado. O atacante Eduardo da Silva entrou no lugar do volante Márcio Araújo e Nixon, ainda no primeiro tempo, já tinha entrado no lugar de Luiz Antônio.

MUDANÇAS DERAM CERTO 
Esta nova formação, além do avanço na marcação, deram certo. Tanto que o Flamengo passou a dominar o Atlético e conquistou a virada. O Empate saiu num pênalti cometido por Pedro Botelho, que deu um carrinho em cima de Eduardo da Silva. Na cobrança, Léo Moura bateu no lado esquerdo de Victor, que saltou certo. Mas a bola nas mãos e no corpo de Victor, mas espirrou para dentro do gol. Isso aos 19 minutos.

Embalado, o Flamengo virou o placar aos 25 minutos. O lateral-esquerdo João Paulo levantou na medida no segundo pau, onde Eduardo da Silva subiu no segundo andar e cabeceou. Victor tocou na bola, mas com a mão mole. Resultado: 2 a 1 para o Flamengo.

Depois da virada, o time carioca passou a “cozinhar o galo” literalmente. Tentou tocar a bola, recuou, se apegou na marcação e evitou o empate. Aos 40 minutos, Paulo Victor garantiu a vitória flamenguista ao espalmar uma cabeçada no ângulo de André.

PRÓXIMOS JOGOS
No final de semana, pela 17.ª rodada, o Flamengo vai enfrentar o Criciúma, em Santa Catarina, domingo, às 16 horas, enquanto o Atlético Mineiro vai jogar em casa, desta vez diante do Internacional.

Fonte: Futebolinterior.com.br
Carregando...
Brasileirão